FAQ - Perguntas & Respostas

SÓ COMPRE O SEU IMÓVEL COM CONSULTORIA


A Escolha do Imóvel

A decisão de comprar um imóvel sempre acaba gerando várias dúvidas. Muitas vezes estas informações não estão facilmente ao nosso alcance.

O Processo de Compra

Após definir onde será feito o seu investimento imobiliário, normalmente se inicia um longo, desgastante e burocrático processo de compra.

Fechamento e Financiamento

Foi pensando nisso que nós separamos algumas das principais dúvidas dos clientes na hora de financiar um imóvel. Veja o resumo para algumas questões.

PERGUNTAS E RESPOSTAS PARA FINANCIAR UM IMÓVEL

São certidões pessoais dos vendedores, onde contém informações quanto a ações e execuções cíveis, dívidas de IPTU, ações trabalhistas, protestos, execução fiscal, entre outros apontamentos que podem onerar o imóvel e gerar algum impeditivo junto ao banco para finaciamento. Em casos específicos existem outras certidões que podem ser solicitadas no decorrer do processo.
O uso do FGTS requer alguns critérios estabelecidos pela Caixa Econômica Federal, tais como:
Possuir 3 anos de trabalho sob o regime do FGTS, somando-se os períodos trabalhados, consecutivos ou não, na mesma ou em diferentes empresas;
Não ser titular de financiamento ativo no âmbito do SFH localizado em qualquer parte do território nacional;
O proponente deve possuir vínculo empregatício ou residencial na cidade que está localizado o imóvel objeto de financiamento;
Destinar-se à moradia do(s) próprio(s) comprador(es);
Toda compra de imóvel exige o pagamento do Imposto sobre a Transmissão de Bens de Imóveis (ITBI) juntamente com o Registro do Imóvel. Quando a aquisição é feita com financiamento, deve-se registrar a garantia em nome do banco. Para que esses encargos não pesem no orçamento do comprador, alguns bancos possibilitam incorporar este valor no financiamento que será contratado. Neste caso o valor informado será reembolsado na devolução do contrato registrado, através de crédito na conta corrente do comprador.
DFI (Danos Físicos ao Imóvel) a contratação deste seguro é obrigatória para todos os financiamento imobiliários. Abrange os riscos de danos ao imóvel. A cobertura é de acordo com a apólice da instituição.
MIP (Morte e Invalidez Permanente) por sua vez, protege o mutuário e sua família na eventualidade de morte ou invalidez permanente do mesmo ou de um dos integrantes da renda familiar, quando o financiamento do imóvel foi concedido prevendo essa hipótese, isto é, a mais de uma pessoa.
O Interveniente Quitante é quando o imóvel está alienado ou hipotecado a outro Banco com financiamento ativo em nome do(s) atuais vendedor(es). Neste tipo de operação é necessário informar um contato do atual detentor do crédito para que possa transmitir informações sobre o financiamento vigente, como saldo devedor e quem será o representante da outra instituição na assinatura do novo contrato. Com o recurso do seu financiamento, a instituição irá quitar o saldo devedor originário da outra instituição e será gerado um novo contrato em nome do atual comprador. Durante a análise do novo processo de financiamento poderão ser solicitados documentos adicionais.
Ir para o Topo